decoração boho
May 19, 2021

Decoração boho: o que é, princípios e aplicações na arquitetura de interiores

É tendência no mercado de arquitetura e de interiores, mas não é por isso que encanta muita gente. Sabe aquela sensação de ser abraçado pelo espaço, de se reconhecer e lembrar de coisas boas através dele? Uma decoração boho bem feita é capaz de transmitir isso e algo mais às pessoas. Para saber como trazer esses benefícios aos seus clientes, leia o que preparamos para você:

Nesse artigo você vai descobrir:

Aproveite a leitura!

O que é decoração boho?

A decoração boho é uma estética de design que imprime conforto e forte sentimento de pertencimento aos usuários. Através de um mix de elementos cheios de significados e personalidade, ela é, acima de tudo, pessoal. 

É considerada bela e cara aos olhos dos seus usuários pelo valor em si, não pelo preço dos itens comprados ou por ditames da moda, mas sim pela história que eles contam, pelo afeto que emanam e pela lembrança que vem junto de cada peça. Os moradores se reconhecem ali e são felizes nesse espaço.

Dada essa singularidade, a decoração boho tem uma conotação disruptiva e de liberdade imensas. Não é à toa que, desde os tempos da Revolução Francesa, sempre esteve muito associada aos "artistas, viajantes, intelectuais e, por fim, às pessoas boêmias".

A palavra boho, inclusive, deriva do termo inglês bohemian ou simplesmente se refere a um estilo de vida mais boêmio. Sobretudo porque foi ali no final do séc.XIX que:

"O estilo de vida mais nômade começou a ficar popular. (...) Várias pessoas em várias culturas ao redor do mundo começaram a buscar uma identidade própria, mais livre, e que passou a ser expresso também na decoração das suas casas. Essa tendência foi da Ásia para a Europa, da Europa para a América, e chegou no Brasil também". - Fonte: Mobly

Assim, o grande trunfo da decoração boho é: misturar influências, distanciar-se de padrões e ser valiosa pelos sentimentos que proporciona. De fato, há tanta vivência e repertório por trás de cada indivíduo que torna-se impossível conceber algo muito óbvio ou rígido neste estilo. Mas, existem sim algumas premissas que se repetem na decoração boho, as quais comentaremos abaixo com o intuito de ajudar você a projetar esses espaços interiores.

Princípios da decoração boho

Projetar uma decoração boho é seguir um fluxo bem livre de influências, referências e culturas, desde que façam sentido aos clientes, ou seja, que estejam intimamente ligadas aos seus gostos e experiências. Em essência, presume misturas de cores, texturas e estilos. Nesse sentido: 

"A principal influência do estilo boho é o mix entre referências étnicas, hippie, orientais e punk, combinadas a uma união entre os estilos romântico, country e vintage. E essa combinação de diferentes referências cria uma decoração exclusiva e cheia de personalidade" - Fonte: Westwing.

E se você é do time que gosta de ambientes com personalidade, não deixe de conferir nosso artigo sobre decoração industrial!

Contudo, uma coisa é certa: é preciso trazer um resultado aconchegante e relacionado com a natureza. No geral, clientes interessados neste estilo buscam ter uma rotina equilibrada e pautada em coisas simples. 

Esse pode ser um excelente ponto de partida na elaboração do projeto de interiores que segue a decoração boho, porque sabemos que um espaço acolhedor é aquele que tem:

✔️ Paleta de cores definida;

✔️ Vegetação natural;

✔️ Iluminação natural abundante;

✔️ Iluminação artificial de temperatura quente (até 3.300K - mais usual 2.700K e 3000K) e de preferência indireta;

✔️ Madeira;

✔️ Materiais naturais (sisal, palhas, cestos, etc.);

✔️ Texturas macias (mantas, cobertores, almofadas, tapetes, etc.).

Somado a isso, ela apresenta também muitos elementos artesanais em sua composição. Itens feitos à mão, como:

✔️Crochê;

✔️Macramê;

✔️Tricô;

✔️Franjas e bordados;

✔️Cerâmica / argila.

Os toques finais ficam para a seleção primorosa dos objetos afetivos dos seus clientes:

✔️Souvenirs de uma viagem especial;

✔️ Coleções (canecas, livros, chaveiros, imãs, etc.);

✔️Objetos e móveis herdados;

✔️Alguns presentes;

✔️Peças que eles mesmos fizeram | compradas direto de um artesão | feitas por ente querido;

✔️Qualquer outro item que lhes façam sentir bem (novo ou não).

Por transmitir todo um somatório de referências e repertório pessoal, utilizar a decoração boho no seu design é pensar também em:

✔️Sobrepor tapetes;

✔️ Estampas étnicas e/ou geométricas;

✔️Lã, palha, couro,vime, veludo e pedras naturais.

No geral, acontece uma interação significativa da decoração boho com vários outros estilos. Mas, certamente, o boho compõe bem com o estilo vintage, pelo fato de reunir itens afetivos por vezes mais antigos.

Para fins didáticos, a decoração boho figura acima da decoração escandinava no que tange ao preenchimento do espaço (e quantidade de elementos decorativos), que por conseguinte possui mais itens na sua composição do que na decoração minimalista, que segue com o estritamente essencial. Conforme se vê no comparativo a seguir:

decoração boho - comparativo
Fonte: Vobi | Comparativo quanto ao preenchimento dos espaços internos

Apesar de todo mix & match, é importante frisar que a decoração boho não chega às extravagâncias da decoração maximalista (apesar de receber influências desse estilo). Existe uma preocupação com o equilíbrio e com o bem estar que não pode ser desconsiderada, porque condiz com o próprio estilo de vida dos moradores.

Em razão disso, as cores base deste design costumam ser mais neutras, dentro da escala de branco, cinza e bege, com detalhes em preto, prata e dourado, para que a "ousadia" dos demais itens se sobressaia.

Aplicações da decoração boho

Decoração boho no quarto

A aplicação da decoração boho no quarto clama (ainda mais) pelo clima de acolhimento. Por isso, é muito importante a sensação de ter a natureza permeando os espaços e, nesse quesito, a cama e a vegetação acabam sendo os destaques da produção. 

As plantas podem ocupar os mais inusitados lugares, afinal, nada é muito óbvio dentro deste estilo. Seja em vasos de piso ou pendentes, o fato é que elas consistem em um ponto focal de grande valor nesse design.

A madeira, os demais elementos naturais e o artesanato recebem pouco tratamento na decoração boho. Estão com suas fibras mais aparentes, valorizando as imperfeições do artesanal. Muito parecido com o que acontece na decoração rústica.

Os demais objetos também podem ser dispostos de forma mais estratégica para não sobrecarregar os sentidos de quem precisa descansar.

decoração boho
Fonte: Pinterest
decoração boho
Fonte: Pinterest

Variações do marrom, verde oliva, rosa envelhecido, nuances de mostarda e tons terrosos como o terracota, são ótimas opções para ter os resultados esperados de uma decoração boho no quarto e também nos demais espaços de descanso.

Além disso, nas palavras do Original Home, procure criar uma composição de:

"(...) velas, pedras e almofadas e fronhas de travesseiro com franjas e bordados para deixar o décor chique e com alma ainda mais boêmia".

Decoração boho na sala

Quando se trata de espaços de convivência como um living, a decoração boho e todo o seu ar descontraído podem alçar voos mais altos.

"A mistura de influências faz com que o ambiente comporte diversos acessórios. Pode-se misturar elementos hippies, como almofadas de pedraria e peças rústicas. Um vaso de barro antigo com produtos étnicos e tecidos indianos e cores, muitas cores" - Fonte: Westwing.

A depender da personalidade do seu cliente, você pode introduzir cores de maior ou menor contraste, com uma paleta mais ou menos diversificada, mais vibrante ou tranquila e compor estampas e estilos diferentes, explorando ao máximo toda a potencialidade deste design que inspira criatividade e liberdade o tempo inteiro.

No Brasil, por conta da nossa própria cultura, o uso da decoração boho na sala (e nos demais espaços de maior convívio) costuma seguir bem mais uma linha colorida e alto astral do que em outros países, que por sua vez tendem a um estilo mais neutro.

Contudo, como o apelo estético não é o único partido da decoração boho, lembre-se de considerar o conforto em cada decisão. Prefira modelos de sofás, puffs e poltronas que convidem para o relaxamento. Escolha um layout que viabilize tanto momentos de interação social, quanto de recolhimento.

O espaço precisa conversar com os seus clientes o tempo inteiro. Pessoas ligadas às artes, que amam viajar e conhecer lugares novos buscam espaços mais ecléticos e flexíveis, exatamente porque isso satisfaz a demanda de versatilidade que eles têm. Por isso, garanta espaços livres no seu projeto também.

Em outros termos, a decoração boho na sala deve atender desde a vontade de ler um livro em silêncio e/ou de meditar, até uma dança repentina e descompromissada que veio com ou sem música. Portanto, é importante que o mobiliário não comprometa essa rotina diversa.

"A ideia é apostar em peças com encanto e história, como a poltrona favorita da vovó, mesas restauradas ou um abajur de estilo vitoriano. Peças com um valor especial" - Fonte: Decortips.

Como se vê, o maior desafio é acertar, dentro de uma paleta de cores delimitada, a medida das misturas: materiais simples (como cestos e sisais), combinados com outros mais finos (como seda ou de repente um veludo, muito característicos da decoração clássica), reunidos com os elementos naturais, outros artesanais e afetivos, distribuindo franjas, puffs e tapetes, de modo a trazer um contraste único e irresistível.

decoração boho
Fonte: Pinterest
decoração boho
Fonte: Pinterest

Variação da decoração boho

Decoração boho chic

Existem algumas variações deste estilo, sendo a principal a decoração boho chic. Essa "nova" decoração boho passa a ter uma roupagem mais contemporânea e gipsy chic, à medida que recebe influências da decoração contemporânea. Em verdade, muitos até a definem como uma versão contemporânea do boêmio.

Desse modo, a estética passa a receber uma certa elegância nos seus detalhes. Além de todas as premissas do estilo, os tons de dourado e o uso mais acentuado de peças bem acabadas agora se reúnem para proporcionar a sofisticação que antes não era tão constante.

Na moda, assim como no design de interiores:

"A ideia do boho chic é misturar peças mais sofisticadas com peças mais simples, dos mais variados estilos para criar um look despojado. No boho cabem referências das mais variadas tribos, com elementos étnico, hippie, folk, vintage, punk, etc. É essa característica de aceitar misturas e personalizações que torna o boho um estilo tão popular e fácil de adaptar" - Fonte: Amaro.

Em suma, o cliente que prefere a decoração boho procura se reconhecer naquele espaço. Nutrir-se de bons momentos e sentir que ali ele pode descansar e ser quem ele é. Repleto de emoção e experiências. Boêmio ou não, todo design de interiores deveria, à sua própria maneira, viabilizar isso. Não é?


Até a próxima,

Equipe Vobi


Referências:

www.amaro.com/blog/br

www.mobly.com.br

www.originalhome.com.br

www.thespruce.com

www.interiorsonline.com.au

www.westwing.com.br

www.decortips.com

Continuar lendo

Conteúdos VIP
Faça parte da lista de conteúdos VIP.
Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?