decoração contemporânea
May 19, 2021

Decoração Contemporânea: o que é, quando surgiu e suas principais características

A decoração contemporânea tem como principal objetivo trazer praticidade à rotina de quem a adere. Adepta da linha de pensamento “menos é mais”, este estilo possui, atualmente, grande influência dos preceitos da decoração minimalista. Todavia, para entender exatamente como aplicar este estilo na sua composição, preparamos este artigo, onde iremos mergulhar dentro deste tema a fim de sanar todas as dúvidas. Ao final do texto você terá aprendido sobre:

Aproveite a leitura!

Como surgiu o estilo contemporâneo?

A arquitetura contemporânea surgiu após a arquitetura moderna, no período entre as últimas décadas do século XX. Nessa época, surgiram várias tendências artísticas divergentes e os artistas começaram a buscar diferentes formas para abordar os problemas projetuais. Uma pequena parcela preferiu seguir, ainda, com os preceitos do Modernismo, enquanto outros mostraram aversão e reagiram às ideias do movimento.

A principal rejeição era em relação às excessivas regras e normas estabelecidas pelos artistas do passado (como é possível perceber na decoração clássica), que sempre agiam de maneira metódica e rigorosa perante seus princípios. 

Porém, em 1980, houve uma grande mudança. A arquitetura contemporânea chegou a desconstruir esse cenário através da elaboração de novas propostas artísticas. E para inaugurar a fase inicial desse período, surge o arquiteto Frank Gehry, que ficou conhecido como um dos maiores arquitetos desconstrutivistas de todos os tempos.

decoração contemporânea - arquiteto Frank Gehry

Frank Owen Gehry nasceu em Toronto, Canadá, no dia 28 de fevereiro de 1929. É um arquiteto canadense naturalizado norte-americano, autor de projetos pós-modernos, entre eles, o Museu de Guggenheim de Bilbao na Espanha e o Walt Disney Concert Hall em Los Angeles.

No Brasil, a arquitetura contemporânea também teve seu início nos anos 80 e permanece até os dias de hoje. Todavia, a partir de 1990, os projetistas manifestaram novas preocupações, que excediam a crítica ao modernismo. Questões como funcionalidade, conforto térmico, design dinâmico e economia verde começaram a se tornar prioridades dentro do desenvolvimento dos projetos. 

“Esse pensamento acabou contagiando muitos profissionais da época, tornando a arquitetura contemporânea sinônimo de “arquitetura de vanguarda.”

O estilo contemporâneo, no entanto, não se encaixa em nenhum dos modelos previamente conhecidos, pois envolve diferentes tendências e técnicas. Ou seja, não existe uma única linguagem e cada artista possui a própria maneira de reinterpretar o passado. 

O que é uma decoração contemporânea?

Você já parou para pensar: por que nós decoramos? Muito provavelmente não. E isso se dá pelo fato de ser uma necessidade inerente ao ser humano. Por isso, a arquitetura e design de interiores andam sempre de mãos dadas. 

Ao decorar um ambiente estamos subjetivamente tomando posse daquele espaço, tornando-o mais próximo dos nossos próprios anseios e personalidade. A casa é o reflexo do seu habitante, o que é perfeito em tempos de opções infinitas e liberdade para decorar.

“A pluralidade de opções de hoje é capaz de deixar qualquer um zonzo: são inúmeros os tipos de móveis, cores de tinta, apliques, objetos e apetrechos. As combinações são infinitas e capazes de transmitir, em detalhes, a mensagem que você quiser.”

A decoração contemporânea nada mais é que a decoração de seu tempo, ou seja, tudo que é feito nos dias de hoje, independente das referências seguidas. Ela reflete os desejos e anseios sociais do presente. De forma geral, esses anseios têm caminhado em direção ao fim do excesso e à busca pela praticidade, além do uso inteligente da tecnologia.

Na prática, a decoração contemporânea é um estilo mais limpo e funcional. A simplicidade é a palavra de ordem. E é por este motivo que ela combina com a praticidade que as pessoas têm necessitado atualmente. Há uma tendência de busca cada vez maior por ambientes e mobiliários multifuncionais com linhas retas, poucos detalhes, com novos materiais e formas a fim de oferecer o que o morador precisa nas cidades.

E uma das principais tendências, dentro da vertente contemporânea, é a decoração escandinava. Seus elementos muito se assemelham: algo clean, em tons neutros e com linhas retas, que é simultaneamente atemporal e vigente.

Principais características do estilo contemporâneo na decoração

1. Mobiliário

A decoração contemporânea não apresenta muitos elementos. Por isso, para compor um espaço é preciso investir em peças-chaves. Por exemplo, os sofás, poltronas e demais estofados que seguem a tendência costumam ser mais espaçosos que outros modelos oferecidos. A disposição espaçosa entre eles preferencialmente torna o visual do ambiente clean e contribui para otimizar a circulação do espaço. Tudo isso porque aspectos como praticidade, simplicidade e conforto são algo bastante valorizado pelo estilo contemporâneo.

Curvas e linhas orgânicas são as queridinhas deste decor e marcas registradas de composições que seguem essa tendência. Bem como superfícies completamente lisas.

Geralmente, inclui mobiliário imponente, combinando materiais como: vidro, madeira clara e escura, além de pedra, cimento, mármore e metal. Os tapetes vêm para amenizar essa estrutura visual forte da mobília e devem seguir um traço sutil, preferencialmente, sem estampas, com visual básico, sucinto e essencial.

Outra dica é ocultar a fiação dos aparelhos eletrônicos - diferentemente da decoração industrial onde fios e tubulações ganham protagonismo -, isso ajuda a deixar o ambiente mais limpo e prático, sendo uma alternativa embutí-los em racks ou painéis.

decoração contemporânea

2. Cores

A paleta de cores utilizada na decoração contemporânea é, em sua grande maioria dos casos, basicamente neutra, destacando-se o uso do branco, cinza, preto, bege e marrom. As cores fortes, vivas e chamativas, como amarelo, laranja e vermelho, ficam por conta dos detalhes, seja nas paredes, nos móveis, objetos decorativos, almofadas ou adornos. 

É muito comum também no estilo contemporâneo encontrar projetos com predominância em cores marcantes contrastando com acessórios de tons mais suaves. Em qualquer um dos casos é preciso haver equilíbrio e harmonia nas composições.

decoração contemporânea

3. Iluminação

Uma característica marcante dentro da decoração contemporânea é a iluminação. Esse estilo é conhecido como inovador, pois nele são utilizadas texturas, cores e bastante tecnologia, tendo se tornado cada vez mais comum a automação de ambientes na criação de cenas luminotécnicas.

Outro ponto importante é que deve-se aproveitar bem a luz do sol e priorizar a iluminação natural. Por isso, casas com estilo contemporâneo contam com tonalidades claras nas paredes e janelas grandes com vidros lisos transparentes e espaçosos para maior entrada de luz. Além de levar luminosidade para o ambiente, elas irão ajudar na circulação do ar no local, contribuindo para manter uma composição fresca e arejada.

Já nos produtos de iluminação usados para compor o ambiente, leva-se à risca o pensamento “menos é mais”. Por isso, as luminárias, abajures e demais acessórios de iluminação se caracterizam pela imagem básica, simples e sutil que apresentam. Para conseguir uma melhor iluminação artificial, o ideal é usar cortinas transparentes, com tecidos e cores leves. Nas luminárias, predominam spots com pontos direcionáveis de luz para quadros e objetos decorativos.

decoração contemporânea

4. Acessórios

A decoração contemporânea prima pelo visual limpo, mas isso não significa que ela precisa ser fria. Os toques pessoais na decoração podem deixar a casa com cara de lar. Nela são utilizados apenas alguns itens decorativos em cada ambiente para completar a decoração. Não é indicado abusar do uso de artigos nas decorações contemporâneas. As composições que seguem a tendência adotam enfeites, acessórios e demais adornos na medida certa.

decoração contemporânea

E por falar em adornos, não deixe também de conferir o nosso artigo sobre decoração boho.

5. Tecnologia

Sendo o oposto da decoração rústica - neste quesito -, na qual busca-se agregar mais elementos naturais e menos artificiais, os itens tecnológicos marcam presença no estilo contemporâneo, trazendo mais modernidade, praticidade e beleza para os ambientes. Invista nesta opção se você almeja proporcionar ainda mais qualidade para a composição decorativa do seu lar.

decoração contemporânea

Diferenças entre decoração contemporânea e decoração moderna

Este é um bom momento para sanar uma dúvida comum. Qual a diferença entre decoração contemporânea e decoração moderna? 

Para muitos fica difícil distinguir entre os estilos. A maioria pensa que uma é sinônimo da outra. Isso porque, constantemente, esses termos têm sido empregados de forma equivocada. Mas decoração contemporânea e decoração moderna não são a mesma coisa. Na verdade, no mundo das artes, esses estilos fazem parte de períodos distintos.

“O estilo moderno está ligado ao movimento modernista que ocorreu na primeira metade do século XX. Nele, como ideologia, fazia-se o abandono de tudo que era tido como forma de expressão tradicional. Onde a expressão que deveria predominar seria a liberdade e a novidade.”

A decoração moderna tem uma estética bastante característica: linhas bem marcadas, simples, quase sempre retilíneas, cores neutras quentes, equilíbrio e uma referência constante ao Art Déco. Tons terrosos e materiais como madeira, concreto, couro, vidro e pedra são frequentes. O uso de pilotis, também marca bastante este estilo na arquitetura.

A decoração contemporânea, por outro lado, nada mais é que o pós-moderno, compreendendo todos os estilos vigentes depois do Modernismo, a partir da década de 80 e 90 do século XX. Ela está relacionada a um estilo mais recente de manifestação, propondo uma liberdade maior para o uso de formas e cores. Tem sua essência na simplicidade, sustentabilidade e atemporalidade, com silhuetas orgânicas que combinam metais e texturas naturais. O estilo baseia-se na mistura de elementos, formas, tendências e técnicas da atualidade.

A principal diferença quando comparada à decoração moderna, se dá pelo fato de que a decoração contemporânea leva mais em conta o cotidiano das pessoas – suas rotinas, gostos e necessidades. A tecnologia também participa, e muito, deste estilo, pois ela está caminhando com o nosso dia a dia. 

Zaha Hadid, foi uma arquiteta que representava de forma árdua este estilo.

decoração contemporânea - arquiteta Zaha Hadid

Zaha Hadid nasceu no dia 31 de outubro de 1950, na cidade de Bagdá, no Iraque, e construiu um importante legado na arquitetura com grandes obras espalhadas pelo mundo, marcadas pelas curvas e traços orgânicos. Em 2004, Zaha Hadid se tornou a primeira mulher a receber o prêmio Pritzker de Arquitetura, a maior referência internacional de premiação do meio.

Em resumo caracteriza-se como:

Moderno -> Recente, Racional e Funcional. 

Contemporâneo -> Futurista, Tecnologia, Curvas e Desafia os limites.

Por fim, em sua essência, a decoração contemporânea será sempre aquela capaz de refletir, dentro do âmbito da arquitetura e design de interiores, o seu tempo atual. E apesar de ser um conceito livre e em constante metamorfose, vimos neste artigo  algumas características que melhor definem e podem ser seguidas ao desenvolver um projeto inspirado no estilo contemporâneo, são elas: 

✔ Dê preferência às cores neutras, mas não tema toques de cores fortes em detalhes;

✔ Aposte em linhas limpas e bem delineadas, as curvas e formas orgânicas são bem-vindas;

✔ Procure manter espaços vazios nas paredes e entre os móveis, lembre-se que menos é mais;

✔ Evite estampas e enfeites, prefira peças com visual básico e traços sutis;

✔ Revestimentos simples;

✔ Iluminação direcionada e abundante.


Até a próxima,

Equipe Vobi


Referências:

www.vivadecora.com.br

www.westwing.com.br

www.arquitetakarlaaraujo.com.br

www.vivadecora.com.br

www.westwing.com.br

www.blog.loft.com.br

www.tudoconstrucao.com

www.ebiografia.com

Continuar lendo

Conteúdos VIP
Faça parte da lista de conteúdos VIP.
Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?