Guias Especiais

Conheça os principais estilos de decoração na arquitetura e interiores

Por Equipe Vobi
estilos de decoração

Você já se perguntou quais são os principais estilos de decoração na arquitetura e interiores? Consegue distinguir entre decoração contemporânea e moderna? Se você também fica confuso na hora de definir tanto o seu, quanto o estilo do seu cliente, fique tranquilo, você está no lugar certo.

A cada passo que iniciamos um novo projeto de reforma ou construção, surge o questionamento: qual o estilo a ser seguido?

O fato é que encontrar o estilo predominante do projeto irá auxiliá-lo em todas as etapas subsequentes e impactará nas futuras escolhas como: a paleta de cores, a linguagem do mobiliário e até mesmo a própria estrutura do imóvel. Portanto, antes de qualquer coisa, um dos fatores fundamentais para uma proposta assertiva é dedicar um tempo para a descoberta dos gostos e desgostos do cliente - isso dirá muito sobre sua persona - e navegar pelas diferentes tendências, a fim de chegar em um fator comum.

Para isso, buscar referências é o primeiro passo para desvendar o mistério. Esse processo envolve apontar características chave de cada estilo para que seja possível decifrar em qual o seu cliente se encaixa melhor e permitir aproximá-lo da sua real essência. 

Trata-se de um processo de eliminação e embora você encontre alguns dos principais estilos de decoração listados abaixo, este artigo estará em frequente transformação, visto que estaremos falando de tendências em constante mudanças e evolução, e muitas, senão a maioria das pessoas, podem ser o resultado da combinação de diversos tipos.

Continue lendo para saber os detalhes necessários sobre os principais estilos de decoração, incluindo características de cada visual e suas diferenças. Em seguida, clique nos links na parte inferior de cada descrição para se aprofundar mais em cada tema.

Aproveite a leitura!

Decoração Clássica

estilos de decoração - decoração clássica

O que é: Mais do que qualquer outro estilo, a decoração clássica abraça um senso de história, com antiguidades, objetos de herança, madeiras ricas, tapetes macios e belas estampas. Embora a decoração clássica tenda a ser formal, com arranjos simétricos e materiais refinados, o objetivo final é conforto, calor e uma sensação de boas-vindas.

Sua origem: Esse estilo tem suas raízes na Europa dos séculos 18 e 19, embora seu sentido geral de homenagear o passado seja muito mais proeminente do que o foco em qualquer região específica do mundo.

Características da decoração clássica:

  • Antiguidades e peças novas com um toque atemporal;
  • Conforto clássico, como fogo crepitante na lareira e estantes do chão ao teto;
  • Paleta de cores refinadas;
  • Materiais luxuosos como mármore e madeiras ricas;
  • Riqueza em detalhes arquitetônicos.

Para saber mais, leia nosso artigo completo sobre Decoração Clássica, basta clicar aqui.

Decoração Contemporânea

estilos de decoração - decoração contemporânea

O que é: Em suma, a decoração contemporânea é atual e nova - é o que os designers de hoje estão criando.  Ela reflete os desejos e anseios sociais do presente.

Claro, a novidade não é a única característica determinante deste visual popular. Este estilo de decoração abraça formas fortes e linhas limpas, costuma seguir uma diretriz mais minimalista e com forte presença da cor branca, mas não é uma regra, pois, ele também abre espaço para interpretação e experimentação. 

Sua origem: A decoração contemporânea surgiu após a moderna, no período entre as últimas décadas do século XX. No Brasil, o estilo contemporâneo tem crescido e evoluído desde os anos 1980 - e continuará a mudar conforme os designers são influenciados pelo aqui e agora.

Características da decoração contemporânea:

  • Paleta de cores neutra: destacando-se o uso do branco, cinza, preto, bege e marrom;
  • Tendências e designs atualizados;
  • Mobiliário escultural: curvas e linhas orgânicas são as queridinhas desse decor e marcas registradas de composições que seguem essa tendência;
  • Espaços abertos;
  • Tecnologia de ponta: os itens tecnológicos trazem mais modernidade e praticidade para os ambientes; 
  • Pouca decoração ou ornamentos.

Ficou interessado? Confira nosso guia detalhado sobre Decoração Contemporânea clicando aqui.

Decoração Minimalista

estilos de decoração - decoração minimalista

O que é: Um dos estilos de decoração que tem toques semelhantes ao moderno - a decoração minimalista possui linhas muito limpas e formas simples. O minimalismo se traduz em viver com menos: menos cor, menos bagunça, menos ruído visual e, claro, menos coisas. Não se trata de privação sensorial ou limpeza implacável de um ambiente, mas sim, com cumprir um propósito: focar nos itens que você realmente precisa e ama, em detrimento do consumo excessivo de objetos sem sentido algum.

Sua origem: A decoração minimalista começou por volta da década de 1920. O arquiteto do pós-Primeira Guerra Mundial Van der Rohe foi um dos primeiros a usar princípios em seus projetos que vieram a exemplificar o design minimalista. O motivo pelo qual este estilo começou a decolar foi a disponibilidade de materiais modernos como o vidro, concreto e aço. Além disso, formas padronizadas de construção foram se formando, o que ajudou a projetar e construir edifícios minimalistas de forma mais eficaz.

Características da decoração minimalista:

  • Inovadora - usa tecnologia para inovar;
  • Preza pela utilidade e funcionalidade;
  • É discreta e neutra, permitindo que o usuário imponha seu estilo pessoal no espaço;
  • É duradoura e atemporal;
  • Conserva recursos e espaço, tanto física como visualmente;
  • Prega pelo “menos é mais” e, por isso, é amiga do meio ambiente.

Se identificou com a Decoração Minimalista? Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

Decoração Escandinava

estilos de decoração - decoração escandinava

O que é: A decoração escandinava apresenta espaços acolhedores com móveis claros e iluminados, utilizando linhas simples, padrões gráficos arrojados e com muito aconchego. Ao contrário de outros estilos de decoração, os interiores escandinavos tendem a incluir uma mistura mais eclética de peças vintage e contemporâneas e uma atitude mais lúdica.

“Normalmente, a sensação que o estilo escandinavo causa é de aconchego, tranquilidade e simplicidade.”

Sua origem: A decoração escandinava tem suas raízes nos países do norte da Dinamarca, Suécia e Noruega e, apesar de poder considerar sua origem mais antiga, ela só ganhou forças a partir do século XX, mais precisamente após a década de 1950. Enquanto o movimento modernista florescia na Europa Ocidental, a Escandinávia refinava sua própria estética: simplicidade, minimalismo, luz e conexão com a natureza.

Características da decoração escandinava:

  • Paleta de cores claras e neutras;
  • Iluminação: cantos escuros devem ser evitados e a iluminação é valorizada de forma que se crie uma atmosfera aconchegante;
  • Espaços livres de tecnologia: criados com o objetivo de permitir se desconectar do mundo;
  • Design simples: garante que todos tenham acesso a um bom design, não apenas a elite;
  • Minimalista, limpo e sem bagunça: a principal premissa é a de que os excessos devem ser sempre evitados;
  • Materiais e texturas naturais: trata-se de um estilo que foca na simplicidade e prioriza a matéria-prima local.

Para saber tudo sobre esse estilo, basta clicar aqui para ler o nosso artigo completo sobre Decoração Escandinava.

Decoração Industrial

estilos de decoração - decoração industrial

O que é: Frequentemente visto em lofts urbanos, a decoração industrial se inspira em fábricas e armazéns, onde os móveis são utilitários e resistentes e os materiais são brutos. Seu principal objetivo é encontrar beleza e criatividade em matérias-primas e espaços abertos.

Mais do que uma forma de morar, o estilo industrial é uma manifestação da cultura do desenvolvimento sustentável, já que preza pelos menores gastos e reaproveitamento de materiais.

Sua origem:  A decoração industrial se inspira em fábricas construídas durante o final do século 19 e início do século 20. Edifícios compostos de tijolo, concreto, ferro e aço, projetados para durar anos. Esses espaços grandes e organizados tinham como objetivo colocar mais pessoas para realizar mais trabalho. No entanto, à medida que o tempo passava e os locais de trabalho mudavam, essas fábricas robustas precisavam de um novo propósito. Por décadas, esses prédios abandonados se transformaram em belos espaços de convivência. Foi uma mudança que produziu um estilo totalmente novo, continuando a inspirar os designers até hoje.

Características da decoração industrial:

  • Paleta de cores sóbrias e neutras com predominância do preto, cinza e branco;
  • Móveis simples e robustos: preferência para os com acabamento em aço, ferro e madeira maciça;
  • Espaços amplos: plantas livres, sem divisões físicas entre os ambientes, garantindo espaços mais abertos;
  • Espaços integrados: os ambientes não apenas se fundem, mas acumulam funções, prezando sempre pela otimização dos espaços;
  • Matérias-primas expostas como encanamentos, tubulações e vigas aparentes;

Quer conferir essas e outras características da Decoração Industrial? Então clique aqui e continue sua leitura.

Decoração Rústica

estilos de decoração - decoração rústica

O que é: Inspirado em bosques, planícies, rios e lagos, a decoração rústica pode ser tão simples e despojada como uma cabana ou tão impressionante quanto um chalé de esqui situado na encosta de uma montanha. Os materiais são brutos e não adulterados, com vigas de madeira expostas, tijolo e pedra, móveis grandes e confortáveis e tecidos quentes e aconchegantes.

Vale lembrar que, enquanto o estilo rústico é inspirado no passado, a interpretação de hoje pode inclinar-se para o contemporâneo com móveis mais simples, dependendo de sua sensibilidade de design.

“Não é preciso estar no campo para poder adicionar um toque rústico ao décor. (...) esse movimento traz um charme único, que além de confortável e atual, remete a elementos da natureza na escolha que pode conviver muito bem tanto em ambientes de campo, como em ambientes urbanos.”

Sua origem: A decoração rústica é baseada nos primeiros colonos dos Estados Unidos que construíram suas casas longe das cidades durante o século XIX. Muitos desses pioneiros trouxeram pouca ou nenhuma mobília com eles, pois o espaço era escasso e a mobília era pesada. À medida que as pessoas se assentavam e construíam suas propriedades, suas casas foram rapidamente montadas com materiais encontrados localmente.

Características da decoração rústica:

  • Madeira: aplicada em sua beleza natural, deixando aparecer como ela é;
  • Tons terrosos e neutros: preferência aos alaranjados, marrons, vermelhos e rosas queimados;
  • Materiais desgastados como, couro, pedra, tijolo, cobre e ardósia;
  • Iluminação acolhedora e intimista: luz suave, indireta e aconchegante;
  • Móveis robustos;
  • Toques aconchegantes como lareiras, poltronas estofadas e tecidos confortáveis.

Para se aprofundar nesse tema, clique aqui e confira nosso artigo sobre Decoração Rústica.

Decoração Boho

estilos de decoração - decoração boho

O que é: A decoração boho é definida pela falta de estrutura, optando por camadas despreocupadas de padrão, textura e cor. Trata-se da união de elementos naturais e orgânicos em um visual exótico, divertido e repleto de camadas. Você encontrará muito rattan, bambu e tecidos neste estilo misturados com cores brilhantes e saturadas.

Embora haja algumas práticas comuns, não existem regras rígidas conforme outros estilos de decoração, como o minimalista, por exemplo. O cerne da estética boêmia é ser pessoal e descontraída, não sendo concebida para o divertimento de outras pessoas, mas sim para o seu próprio.

Sua origem: O estilo boêmio tornou-se muito popular nos últimos 5 anos, embora suas raízes sejam muito mais antigas do que isso. A decoração Boho começou no século 19 em Paris, França. Foi inspirado por artistas, escritores, performers e nômades que acreditavam que a criatividade era mais valiosa do que dinheiro - os boêmios originais. 

Com a convergência de suas respectivas culturas, ideais e recusa em se conformar com o que era aceito, eles inadvertidamente iniciaram uma tendência de design de interiores. O estilo boêmio, batizado em homenagem a esses artistas nômades, pretendia derrubar os padrões de beleza, jogando fora as regras e abraçando o não convencional.

Características da decoração Boho:

  • Cores: variam de neutros como branco e castanho a uma mistura de tons vibrantes de jóias;
  • Formas: menos a ver com a criação de formas e mais com a escolha, sobreposição e criação de padrões;
  • Acabamentos: metais como ouro, prata, latão e cromo são populares. O ferro também é um acabamento comum;
  • Estética: neste estilo, parte-se do pressuposto de que não existe “demais” quando a intenção é a de refletir a própria personalidade dentro do espaço;
  • Estilo de decoração/arte: peças de arte originais ou feitas à mão, achados do mercado de pulgas ou lembranças de viagem são perfeitos.

E para ficar por dentro dessa tendência no design de interiores, clique aqui e leia nosso artigo completo sobre Decoração Boho.

Sentiu falta de algum dos diversos estilos de decoração presentes neste artigo? Para propor um tema que você deseja ler aqui no nosso Blog, basta enviar um email para mail@vobi.com.br com a sua sugestão!

Gostou? Compartilhe!

Continue Lendo

Conteúdos VIP
Faça parte da lista de conteúdos VIP.
Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?