Planta Humanizada
May 19, 2021

Planta Humanizada: Guia Completo

Se você é arquiteto ou designer de interiores, com certeza tem facilidade de imaginar e visualizar ambientes mesmo antes de estarem prontos. Mas, para o seu cliente, esta nem sempre é uma tarefa fácil. Para ajudá-los a ter a percepção do espaço e criar o desejo de ver o ambiente pronto, é preciso utilizar o recurso da planta humanizada.

Apresentar a concepção do seu projeto, de maneira mais simples e amigável, irá auxiliá-lo a converter o seu cliente de forma mais rápida, além de prevenir grandes mudanças no decorrer das etapas subsequentes.

Neste artigo, preparamos um guia completo para você escolher a melhor forma de elaborar uma planta baixa humanizada:

Aproveite a leitura!

O que é uma planta humanizada?

Segundo o dicionário, o termo “Humanizar” significa: “tornar humano ou tornar afável”.

A planta humanizada é um modelo de apresentação em planta baixa criado para facilitar o entendimento do projeto pelo cliente. Seu principal objetivo é enriquecer com detalhes e ambientações as representações, seja adicionando mais cor, texturas reais, mobílias ou objetos que tragam a sensação de “humanização” dos espaços.

Este recurso geralmente é muito utilizado na venda de projetos online e por corretoras imobiliárias que almejam promover os seus empreendimentos.

Qual a diferença de planta baixa para planta humanizada?

Planta baixa de arquitetura

Apesar de possuírem nomes semelhantes e representarem o mesmo ponto de vista - a visão superior (quando visualiza-se o projeto como se estivesse em cima dele olhando para baixo) em 2D, ou seja duas dimensões -, a forma de ilustração e o objetivo da planta baixa de arquitetura e da planta humanizada são bem diferentes. 

A planta baixa simples, sem nenhum apelo visual, tem por objetivo a representação técnica do projeto. Nela, estarão especificados os itens essenciais para a sua execução: cotas, níveis, nome e área dos ambientes, especificação de revestimento de piso, parede e teto, dentre outros. 

Este desenho deve ser entregue ao cliente em conjunto com o projeto executivo. Justamente por dispor de muitas informações técnicas, algumas pessoas sentem dificuldade em sua leitura e interpretação e, por isso, não conseguem visualizar ou mesmo imaginar alguns pontos como circulação, materiais aplicados nos ambientes e disposição de móveis.

Abaixo é possível visualizar um exemplo típico de uma planta baixa de arquitetura: 

planta humanizada

Planta humanizada

Já a planta humanizada é realizada com o intuito de facilitar a compreensão. Dessa forma, é preciso sempre priorizar uma representação simples, colorida, com detalhes e texturas reais. Na grande maioria das vezes, ela apresentará cotas gerais (apenas para orientação e noção das dimensões dos ambientes), mobiliário humanizado e textura de piso (diferenciando áreas secas de áreas molhadas).

Como no exemplo abaixo. Você consegue perceber a diferença?

planta humanizada

Por que fazer Plantas Humanizadas?

Utilizar esta forma de representação traz benefícios tanto para o arquiteto, quanto para seu cliente, pois, ao facilitar a compreensão do layout e das decisões arquitetônicas tomadas, acelera-se o processo de aprovação do projeto, consequentemente reduzindo retrabalhos e otimizando tempo.

Este cenário costuma ser muito comum: o cliente, nas reuniões, alega ter compreendido tudo, no entanto, a partir do momento em que o projeto passa a ser executado e “sai do papel”, o mesmo começa a levantar questionamentos pertinentes às etapas anteriores, os quais, teoricamente, já deveriam estar esclarecidos. Indicando que o cliente não havia compreendido de fato.

Nesse quesito, a planta humanizada é uma solução excelente, pois, como a leitura e compreensão da ilustração é simples e intuitiva, não é necessário que a pessoa interessada seja técnica para que compreenda e imagine o projeto pronto.

Um grande exemplo de setor que costuma fazer da planta humanizada um item indispensável é o de empreendimentos imobiliários. Antes mesmo do início da construção do prédio, do condomínio ou do centro comercial, o escritório de arquitetura responsável pela elaboração do projeto compartilha com o dono do empreendimento a planta baixa humanizada para que os corretores e agentes de venda possam iniciar a divulgação.

Como fazer uma planta humanizada?

A verdade é que não existe um “certo ou errado”. A forma, o momento e o programa a serem utilizados para elaborar o projeto é que irão nortear a trajetória de execução.

Por exemplo, se você costuma usar o Sketchup para apresentar projetos, a melhor maneira de elaborar uma planta humanizada será utilizando o próprio Sketchup, otimizando assim os seus processos, ao mesmo tempo que deixando o cliente satisfeito. 

Para facilitar a sua escolha, visto que existem diversas opções de programas e métodos disponíveis no mercado, no próximo tópico, separamos uma curadoria dos melhores tutoriais dos programas mais utilizados para elaboração de uma planta baixa humanizada. Fique a vontade para selecionar aquele que mais vai se adequar à sua rotina e metodologia.

De qualquer forma, lembre-se que é importante sempre estar atento ao escolher os elementos para a composição do desenho, independente de qual programa será utilizado.

Melhores programas para fazer planta humanizada

Planta Humanizada no AutoCad

O AutoCad ainda é um dos programas mais utilizados pelos arquitetos e, por isso, costuma ser uma excelente solução para quem deseja unir o útil ao agradável, afinal, você pode fazer a planta baixa técnica e aproveitá-la para fazer a versão humanizada. 

Abaixo, selecionamos um vídeo que explica o passo a passo para sua correta elaboração:

Além disso, aqui na Vobi, temos disponível também um artigo completo de planta humanizada no Autocad. Basta clicar aqui e conferir.

Planta Humanizada no Sketchup

O Sketchup também está na lista dos aplicativos mais práticos de serem utilizados, por permitir que os usuários sejam capazes de mostrar o projeto não apenas em uma versão 2D, mas também em 3D. Ambas as representações ajudam muito na hora de converter a venda e deixam bem claro para o cliente como ficará o projeto executado.

Dá só uma olhada nesse vídeo que ensina as etapas da produção de uma planta humanizada no Sketchup em apenas dois minutos!

#Dica: Leia também nosso artigo na íntegra sobre planta humanizada no Sketchup

Planta Humanizada no Revit

O Revit é um programa de tecnologia BIM que vem ganhando destaque pela facilidade de compatibilização de projetos técnicos, visualização de projetos 3D e alteração de diversas pranchas simultaneamente. 

Além disso, também disponibiliza uma forma de visualização que te permitirá exportar o projeto como planta humanizada. Pode ser uma excelente alternativa, especialmente para projetos de grande porte.

O vídeo acima mostra rapidamente como é feita a execução neste software, porém se você deseja se aprofundar, recomendamos que leia o nosso artigo sobre planta humanizada no Revit.

Planta Humanizada no Corel Draw

Para arquitetos e designers que se arriscam em programas não convencionais, fazer sua planta baixa humanizada no Corel Draw pode ser uma excelente alternativa. Com interface simples e intuitiva, o programa permite que você importe sua planta vetorizada e faça as alterações que desejar. Além disso, é muito fácil adicionar e editar texturas, criar efeitos de sombra e alcançar um excelente resultado.

Dá só uma olhada nesse tutorial:

O uso do Corel Draw só tem um porém: a dificuldade em encontrar blocos humanizados de qualidade. Mas não se preocupe! Para poupar o seu trabalho, na Vobi é possível encontrar um material gratuito para download. Para isso, basta clicar aqui e preencher o formulário.

planta humanizada - Blocos Humanizados para AutoCad e Corel Draw

Planta Humanizada no Photoshop

Dos programas que abordamos até agora, o Photoshop talvez seja um dos mais complicados de se aprender, mas nada que um tutorial não resolva! Por ser da Adobe, o programa tem uma interface única e não é tão intuitivo.

Mas, se você tem interesse e disponibilidade de tempo para se dedicar a isso, é uma excelente alternativa por conta da grande quantidade de ferramentas disponíveis de edição.

Quanto cobrar para fazer uma planta humanizada?

Tal como qualquer serviço oferecido por seu escritório, não é possível estabelecer um preço fixo pela criação de uma planta baixa humanizada, até porque, muitas vezes, você poderá oferecê-la como parte do pacote de seu projeto de arquitetura.

Apesar de não haver uma resposta pronta para essa pergunta, antes de precificar o seu serviço você deverá:

✔ Avaliar suas despesas;

✔ Conhecer sua produtividade;

✔ Compreender o mercado;

✔ Mensurar a complexidade do projeto;

✔ Conhecer o preço da sua hora trabalhada.

Falamos sobre todos estes pontos no artigo “Como precificar os seus serviços”. Com certeza a leitura vai nortear na hora de estabelecer valores!

Concluindo, neste artigo, organizamos todas as informações e materiais que irão te ajudar na hora de criar a sua planta humanizada, assim, você não precisará perder tanto tempo e poderá se dedicar no que realmente importa.


Até a próxima,

Equipe Vobi

Referências:

www.arquitetoleandroamaral.com

www.44arquitetura.com.br

www.blog.quintadellarte.com.br

www.portaldoarquiteto.com.br

Continuar lendo

Conteúdos VIP
Faça parte da lista de conteúdos VIP.
Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?