metas smart para arquitetos
Gestão
Apr 7, 2021

Metas S.M.A.R.T. para arquitetos

Olhe para trás, para o ano passado, e seja honesto, você tinha objetivos claros para levar seu escritório de arquitetura adiante? 

Ter um bom planejamento consiste no primeiro passo para atingir os objetivos de um escritório de arquitetura de sucesso. Nesse sentido é preciso saber como definir metas, a fim de identificar as melhores estratégias e alinhar interesses, expectativas e recursos do negócio. 

Apesar de fazer parte da rotina de trabalho, a criação de um plano de metas pode gerar bastante confusão e prejuízo, pois impacta diretamente no desempenho do escritório ao longo do ano. Muitas vezes os gestores e líderes não tem a orientação adequada, o que ocasiona erros antes mesmo do início do processo.

Por isso, neste artigo, veremos como criar metas S.M.A.R.T. (se você ainda não conhece este conceito, não se preocupe, vamos lhe explicar o que significa) com o foco de trabalhar nos seus negócios, especialmente aquelas relacionadas ao crescimento e melhoramento do desempenho do seu escritório. Ao final do texto você terá aprendido sobre:

Aproveite a leitura!

1. Sou arquiteto(a), preciso de metas?

Por muito tempo, a grande maioria dos arquitetos(as) acreditavam que, se fizessem um excelente trabalho, de alguma forma a sociedade reconheceria as contribuições e o valor que estavam dando ao mundo e os recompensaria com um fluxo interminável de projetos de paixão para aumentar sua empresa. 

No entanto, a verdade é que administrar uma empresa de arquitetura é exatamente o mesmo que administrar qualquer outro negócio.

Você precisa trabalhar tão duro para conquistar negócios quanto para entregá-los. E, para administrar uma empresa de sucesso, você também precisa ter um roteiro de metas claras para ajudá-lo(a) a identificar e alcançar seus objetivos.

2. Os cinco tipos comuns de objetivos

Quando pensamos em metas relacionadas aos nossos negócios, tendemos a defini-las em cinco categorias principais.

2.1 Dinheiro

Talvez este seja um dos objetivos mais comuns quando falamos em metas. Acontece que, apesar de comum, na grande maioria das vezes, ainda temos uma visão da aplicação do recurso à curto prazo. Ao falar em dinheiro queremos pagar as despesas do mês, mas você já se pensou que, se você estiver tentando expandir sua empresa, terá que contabilizar os custos relacionados à manutenção do seu crescimento, por exemplo, contratar novos funcionários?

Recomendamos que você defina metas claras de dinheiro para sua empresa. Você está administrando uma empresa e, a cada ano, os custos da administração de uma empresa aumentam.

[Leia também o artigo sobre "Como fazer da consultoria uma opção de renda"]

2.2 Tempo

As metas de tempo concentram-se em como aumentar ou economizar tempo em seus negócios.

Por exemplo, como proprietário de uma empresa, você pode tirar férias ou ter mais tempo em casa com sua esposa e filhos. Ou você pode fazer menos do trabalho diário de design para poder se concentrar em administrar outras áreas das operações da sua empresa.

2.3 Pessoas

As metas das pessoas são centradas em com quem você deseja trabalhar. Isso pode incluir os funcionários que você deseja na equipe, mas também o tipo de clientes que você quer captar.

Ter o perfil de cliente potencial bem desenhado pode lhe ajudar neste ponto. Podemos te ajudar com isso, veja nosso artigo de qualificação de clientes.

2.4 Status

As metas de status se referem ao tipo de reconhecimento que deseja para você e seu escritório.

Você quer ganhar certos prêmios ou deseja, como proprietário da empresa, ser reconhecido como orador público, blogueiro ou apresentador de podcast? Outra maneira de pensar nas metas de status é perguntar como você deseja que sua empresa seja vista no mercado.

2.5 Felicidade

Os objetivos de felicidade podem ser qualquer coisa que faça você e sua equipe mais felizes e, idealmente, mais produtivos. Coisas pequenas podem fazer a diferença como, por exemplo, uma noite de pizzas ou um dia com horário destinados à conversas sem relação com o trabalho.

3. Por onde começar?

Para decidir quais objetivos perseguir, primeiro faça um balanço do que você tem, do que deseja e do que precisa para seu escritório.

Use os cinco tipos comuns de objetivos acima como uma lente para pensar em sua empresa e onde você quer estar daqui a um, três e dez anos (sempre importante projetar suas metas em curto, médio e longo prazo).

Um ótimo exercício é remover qualquer distração, ficar em um local tranquilo e começar a pensar em como será o sucesso da sua empresa daqui a dez anos. Tente visualizá-lo em sua mente e imaginar todos os detalhes. Você está no mesmo escritório? Você tem a mesma equipe ou nova equipe? Você tem os mesmos clientes? Leve o tempo que precisar.

Quando estiver pronto, pegue uma folha de papel em branco e comece a anotar tudo o que viu ou pensou em sua visão. A parte importante deste exercício é escrever o máximo de idéias possível. Não os guarde na mente, coloque-os no papel.

Depois de escrever suas idéias. É hora de começar a pensar nas etapas que você precisará executar para criar sua visão.

Trabalhando de trás para frente a partir de sua visão, o que precisa acontecer nos próximos dez anos para alcançar o que você viu? O que precisa acontecer nos próximos três anos? O que precisa acontecer este ano?

A definição de metas pode ser desafiadora; portanto, tente não se preocupar com todos os detalhes de como alcançar sua visão. Pense mais nos principais marcos que você precisa alcançar.

A definição de metas é uma parte importante da administração de uma empresa. Se você não estabelecer metas, não saberá o quão eficaz é para avançar para o sucesso que está tentando alcançar. Você não saberá se está progredindo e o que está funcionando ou prejudicando sua empresa. E você não poderá fornecer uma orientação clara para sua equipe ou parceiros externos que trabalham com você e o ajudam a alcançar esses objetivos.

metas smart

4. Metas S.M.A.R.T.

S.M.A.R.T representa uma sigla, em inglês, formada pelas iniciais dos principais pontos que devem ser utilizados na hora de planejar uma meta: Specific, Measurable, Achievable, Relevant e Time-based. Esta é uma metodologia utilizada para validar qualquer tipo meta.

Em tradução literal S.M.A.R.T significa: Específico, Mensurável, Alcançável, Relevante e Baseado no tempo.

  • Específico: Não é hora de ser vago. Não basta dizer: "Quero ganhar mais dinheiro". Seja preciso: quais aumentos específicos ajudarão você a atingir sua meta dentro de um prazo definido?
  • Mensurável: Determine antecipadamente como você medirá seu progresso e resultados. Por exemplo, talvez você queira que seu escritório de arquitetura apareça com mais frequência nas pesquisas do Google para arquitetos em sua área ou especialidade. Ou talvez você queira dobrar o número de novos clientes conquistados. Tente determinar quais medidas ajudarão a acompanhar seu progresso ao longo do tempo, enquanto trabalha em direção à sua meta.
  • Realizável: Mantenha seus objetivos fundamentados na realidade. Seja realista sobre o cronograma e o orçamento necessários para atingir suas metas. Também tenha clareza sobre o que você precisa assumir e o que pode conseguir com a ajuda da equipe ou do suporte externo. 
  • Relevante: Não é suficiente agir sobre qualquer coisa. Concentre-se em ações relevantes para os resultados desejados em seus negócios. Se seu objetivo é aumentar a receita, você precisará aumentar sua base de clientes, projeto ou aumentar as taxas cobradas dos seus clientes. Metas que são relevantes para o desempenho comercial da sua empresa são escolhas óbvias, mas também pense nos gargalos e obstáculos que atrapalham seu caminho e nas metas que podem ajudá-lo a superar esses problemas.
  • Tempo: Metas podem incluir objetivos de curto e longo prazo. Algumas metas podem ser limitadas a uma data ou prazo muito específico, outras podem ter um cronograma estendido com tarefas intermediárias, marcos e etapas. É importante definir prazos para o cumprimento das metas. Isso evita que você e sua equipe se desviem ou os esqueçam.

Nesse ponto, se você seguiu o exercício e anotou sua visão, filtrou o que anotou através dos cinco tipos de objetivos, deve ter um bom começo. Certifique-se de acompanhar seus objetivos, medir seu progresso semanalmente e seguir em frente.

Lembre-se de que, se você não atingir seus objetivos, pode ter definido objetivos que não eram realísticos. Este é um erro comum que gostamos de ultrapassar.

Até a próxima,

Equipe Vobi!


Referências

https://www.friendslab.co/o-que-e-meta-smart

http://www.archmark.co/blog/set-smart-goals-to-prosper

https://www.larsondesigngroup.com/planning-smart-goal-setting/

https://www.thelearningarchitect.com/life-skills-library/skills-for-life/goal-setting/

https://www.archmark.co/blog/set-smart-goals-to-prosper

https://www.thearchitectsguide.com/blog/how-to-make-and-accomplish-killer-career-goals

https://joinus.aia.org/goal-setting-for-a-killer-career-in-architecture/

Continuar lendo

Conteúdos VIP
Faça parte da lista de conteúdos VIP.
Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?