Tropicalismo: a influência desse movimento no design de interiores

O tropicalismo dos anos 60 influenciou diversos setores das artes, incluindo a arquitetura e design de interiores. A decoração tropicalista é uma referência às características típicas do povo brasileiro. Sendo uma tendência nos últimos anos, esse estilo nunca sai de moda, porém, de tempos em tempos, volta a cair na graça do gosto popular, por se tratar de um estilo tipicamente brasileiro e ter como principais características a alegria e versatilidade.

A décor tropical permite uma grande liberdade de criação. Nela é possível misturar diversas cores, materiais, texturas, compondo um ambiente divertido e com muita personalidade. 

Não apenas no Brasil, o conceito se espalhou por vários países no mundo. Sendo frequente o emprego da decoração tropical em obras arquitetônicas e projetos no exterior que refletem o clima festivo e energia da cultura brasileira, por transmitirem vivacidade e frescor, conectando o ambiente à natureza. 

O movimento tropicalista carrega o nome de uma das mais autênticas características naturais do nosso país. Cores energizantes, madeira, artesanato, plantas e estampas, são alguns dos elementos presentes nesse estilo, quando aplicado à arquitetura e interiores. E para mergulhar a fundo nesse tema, preparamos este artigo, no qual você irá encontrar:

Acompanhe a leitura!

O que foi o movimento do tropicalismo?

O Tropicalismo, também conhecido como “Tropicália” foi um movimento de vanguarda cultural brasileiro, concentrado entre os anos de 1967 e 1969, no auge da Ditadura Militar. Entre as principais características do tropicalismo, destacam-se os ideias de liberdade e revolução. 

Esse movimento transformou o mundo das artes, principalmente, a música. Assim, tinha o intuito de ser libertário e revolucionário mostrando as características da música popular brasileira. Os artistas buscavam se afastar do intelectualismo da Bossa Nova dos anos de 1950, aproximando a música brasileira da cultura popular, como o samba, o pop, o rock e a psicodelia hippie. 

Assim sendo, o Tropicalismo trouxe ao Brasil uma visão de modernidade. Abrindo portas para experiências inovadoras com aspectos estéticos jamais vistos. Os artistas que participaram desse movimento cultural -dentre eles Caetano Veloso,  Gilberto Gil, Maria Bethânia, entre outros- tiveram grande importância neste momento histórico brasileiro. 

Em 1967 marca-se o início do movimento tropicalista, durante o III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, com as apresentações das músicas “Alegria, alegria”, de Caetano Veloso, e “Domingo no Parque”, de Gilberto Gil. Com a prisão destes mesmos compositores pela Ditadura Militar em 1968, resultando no exílio de Caetano em 1969, determina-se o fim do movimento. No entanto, não significou o fim de sua influência nas artes. 

A influência do movimento na decoração

Toda essa revolução que marcou um período na história do Brasil, não se limitou apenas à música, mas influenciou outras artes, incluindo a decoração. O objetivo era transformar o cenário geral da cultura brasileira, imprimindo as ideias de modernidade no país. 

O conceito da decoração tropicalista é assumir os ideais do tropicalismo, incorporando na décor diversos elementos repletos de cores alegres, calor e brasilidade. Por vezes, maximalista, em outros até um pouco Kitsch, aplicar o tropicalismo na decoração requer uma boa pitada de bom humor. Em conjunto, esse estilo possui a natureza como protagonista. Estampas e objetos decorativos recebem formas de pássaros, frutas e folhagens. Já as cores, predominantemente em tons vibrantes, frequentemente baseiam-se na combinação da nossa bandeira: verde, azul e amarelo (mais patriota, impossível). 

Logo, é preciso é preciso ter cautela para que o exagero não comprometa a sensação intimista e acolhedora, que também é uma das características principais desse estilo. Por isso separamos algumas dicas abaixo para não ter erro!  

5 principais características na decoração tropical 

A decoração tropical, certamente é para quem quer fugir do básico e tradicional. Cheia de vida e personalidade, é possível classificá-la em 5 principais características:

1.  Elementos naturais 

“O Brasil é um país conhecido pela sua natureza exuberante, com uma grande diversidade de espécies de fauna e flora. Isso não poderia faltar na decoração tropicalista e, por conta disso, o uso de elementos naturais é uma maneira de integrar o design.”

A madeira é uma das matérias-primas chave dentro desse estilo, e pode ser utilizada na composição de cozinhas, banheiros, salas, quartos, jardins e etc. A madeira de demolição é uma ótima pedida, pois confere um aspecto natural ao ambiente. O bambu e a palha, aplicados à móveis e utensílios, o vime em vasos de plantas e poltronas, o algodão e o linho em almofadas, mantas e cortinas, são apenas alguns exemplos das infinitas possibilidades que a utilização de elementos naturais podem oferecer. 

banheiro decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Remodelaholic
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest
sala de jantar decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa Vogue
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest

2. Muitas cores 

Sim, é possível explorar muitas cores e possibilidades! Este estilo permite explorar uma infinidade de cores, desde tonalidades mais fortes e vibrantes, até tons mais claros e neutros. 

Cores fortes e vibrantes: verde, azul e amarelo (na décor tropical, basear-se nas cores da nossa bandeira, não tem erro!). Esses tons proporcionam energia e alegria ao espaço. Cores neutras e claras: branco, bege e tons pastéis. Transmitem sensação de frescor e leveza. Os tons terrosos também são muito bem-vindos, explore os tons de laranja e terracota! 

Como sempre falamos em nossos artigos, ao combinar cores, a premissa é sempre a do equilíbrio e harmonia. Se exageramos nas cores fortes, corremos o risco de criar um ambiente pesado e desconfortável. O mesmo acontece com as cores neutras que em demasiado retiram a alegria do espaço. A intenção é criar uma harmonização a partir do contraste entre pontos mais iluminados com cores vibrantes acompanhadas de nuances suaves, combinando-se entre si. 

Mas, se mesmo assim continua difícil escolher e combinar cores, fique calmo. Nós preparamos um artigo falando especialmente sobre esse assunto. Basta clicar aqui

sala de jantar decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Arquitetura e Construção
quarto decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Eu Capricho
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa Claudia
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
cozinha decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa Claudia
quarto decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Domino Magazine

3. Estampas

As estampas são praticamente obrigatórias na decoração tropicalista, sejam grandes ou pequenas. Elas estão presentes nas cortinas, papéis de parede, roupas de cama, poltronas, vasos almofadas, e até mesmo na mobília. Entre os principais motivos estampados, estão os desenhos representativos da cultura brasileira, como folhas, frutas e animais.

home office decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
quarto decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest
quarto decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Wallsauce
sala de jantar decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
quarto decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa de Irene

4. Plantas, quanto mais, melhor!

Como já citado, as plantas são imprescindíveis e grandes aliadas da décor tropical. Além do toque do verde, plantas auxiliam no frescor e ajudam a renovar o ambiente.

“Desde folhagens em vasos ou cachepots até palmeiras, elas podem aparecer na área externa ou interna da casa, imprimindo aconchego e tranquilidade ao ambiente. Logo, plantas como pau-d’água, palmeiras, licuala, pleomele e babosa-de-pau são boas opções para fazer parte da composição do seu lar."

A instalação de um jardim vertical ou mesmo uma pequena horta com temperos, por exemplo, é uma solução até mesmo para quem mora em imóveis pequenos, como apartamentos.

sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa Claudia
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa Vogue

5. Não esqueça do bom humor

O brasileiro é conhecido no mundo por ser um povo alegre, receptivo e bem-humorado. Dessa forma, para quem deseja aplicar o estilo do tropicalismo em sua casa, essas características devem ficar evidentes.

Não é incomum vermos o uso de elementos divertidos, como pinturas e até mesmo objetos engraçados dentro da decoração tropical, pois elas trazem um ar de bom humor, além de incitar a imaginação. Divirta-se com o uso de utensílios domésticos com gravuras de araras, flamingos, abacaxis, pois -diferentemente de outros estilos- o que vale é se divertir! 

sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Diycore
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Arquitrecos
sala decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Simplichique
sala de jantar decoração tropical
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa

Moro num país tropical... 

Neste artigo, mostramos um pouco da contextualização do movimento tropicalista no Brasil e suas influências no âmbito da arquitetura e interiores. De uma forma geral, é possível resumir as principais características da decoração tropicalista como sendo:

  • Tendência maximalista, com grande quantidade de elementos;
  • Mistura de decoração kitsch com aspectos vintage;
  • Mistura de texturas e elementos naturais;
  • Cores alegres, vibrantes e quentes em equilíbrio com cores neutras e claras;
  • Estampas de folhas, frutas e animais;
  • Muitas plantas, flores e frutas no ambiente;
  • Bom-humor e personalidade prevalecem nesse estilo.

Moodboards Vobi

Gostou? Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nosso conteúdo semanal.


Até a próxima,

Equipe Vobi

 

Referências:

www.eiimovel.com.br

www.westwing.com.br

www.mundoeducacao.uol.com.br

www.conhecimentocientifico.r7.com

Continuar lendo

Conteúdos VIP

Faça parte da lista de conteúdos VIP.

Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?