Iluminação na decoração: tipos e utilizações (PARTE 2)

Se você está chegando agora e perdeu a primeira matéria desse conteúdo, clique aqui para ler a Parte 1.

No artigo anterior falamos sobre os dois principais tipos de iluminação na decoração: a iluminação direta e indireta. Nessa segunda parte, vamos entender as necessidades de cada ambiente ao definir um projeto luminotécnico. Para descobrir, continue lendo.

Aproveite a leitura!

Utilizações da iluminação

Cada área da casa pede um tipo de iluminação e, por conta disso, requer uma solução específica. Um erro muito comum é as pessoas usarem muita luz e criarem vários cenários no projeto. Uma iluminação inteligente precisa ter a ver com o cotidiano da família, seus hábitos e horários de uso.  

A iluminação da casa é importante não só para o ambiente interno de cada cômodo, como também é importante para que possamos desenvolver certas atividades durante as horas mais escuras do dia. Além de proporcionar efeitos de acordo com a intenção, seja para destacar, suavizar ou criar um clima intimista. Mas por onde começar?

Não existe uma regra geral, pois, como já dito anteriormente, para cada cômodo e proposta existe um tipo de iluminação e lâmpada diferente. A iluminação deve ser de acordo com as sensações que você quer despertar no espaço. 

Embora este seja um item pessoal, em que o gosto do cliente influencia a escolha, para facilitar o planejamento desse tópico em uma construção ou reforma, tomamos partido de algumas regras básicas. A seguir, indicações para cada espaço, de acordo com sua função.

Sala de estar

Na sala de estar, é recomendada uma iluminação indireta para que não atrapalhe a visão e nem reflita na televisão. Este ambiente pede uma iluminação mais suave, pontuando mesas de centro e laterais, mas sem deixar a circulação muito escura. Pode-se usar uma automação ou um dimmer para controlar a intensidade da luz e apostar na iluminação indireta com o uso de abajures e luminárias de piso.

sala de estar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Decostore
sala de estar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Studio 1202
sala de estar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Viva Decora
sala de estar
Fonte: Divulgação/Pinterest

Sala de jantar

Uma boa iluminação em cima da mesa de jantar é essencial, por isso é recomendável o uso de um lustre. Em mesas retangulares muito compridas, pode ser necessária a instalação de pontos auxiliares nas laterais. Se a mesa for de vidro, o ideal é escolher lustres em que as lâmpadas sejam viradas para cima, pois assim a iluminação fica mais difusa e indireta.

sala de jantar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Suite Arquitetos
sala de jantar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa
sala de jantar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa de Valentina
sala de jantar
Fonte: Divulgação/Pinterest - Histórias de Casa

Cozinha

A cozinha é o ambiente da casa que demanda uma iluminação geral, eficiente e bem clara. É comum optar por luz branca, que é intensa. Uma dica importante é iluminar bem as bancadas de trabalho: fitas de LED em prateleiras e armários também ajudam a clarear o ambiente.

cozinha
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa de Valentina
cozinha
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa Vogue
cozinha
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa de Valentina

Quarto

Já o quarto precisa de uma atmosfera mais aconchegante e relaxante. Esse ambiente pede uma iluminação mais suave e que de preferência possa ser controlada. A área pede pontos indiretos, que podem ser resolvidos com o uso de abajures nos criados-mudos.

quarto de casal
Fonte: Divulgação/Pinterest - Tua Casa
quarto de casal
Fonte: Divulgação/Pinterest - The Nordroom
quarto de casal
Fonte: Divulgação/Pinterest - Bruno Moraes Arquitetura
quarto de casal
Fonte: Divulgação/Pinterest - SP Estudio Arquitetura

Banheiro

No banheiro, assim como na cozinha, a iluminação precisa ser geral e clara. Para o espelho, a dica é iluminar as laterais com iluminação difusas ou indiretas, evitando assim que a imagem formada no reflexo seja alterada.

banheiro
Fonte: Divulgação/Pinterest
banheiro
Fonte: Divulgação/Pinterest - Simples Decoração
banheiro
Fonte: Divulgação/Pinterest - Domino Magazine
banheiro
Fonte: Divulgação/Pinterest

Escritório

O escritório precisa ser claro. Nesse espaço da casa, a iluminação pode ser feita com luz fria. A ideia é iluminar alguns pontos principais de forma a evitar reflexo na tela do computador.

escritório home office
Fonte: Divulgação/Pinterest
escritório home office
Fonte: Divulgação/Pinterest - Chloe Dominik
escritório home office
Fonte: Divulgação/Pinterest - Behance

Áreas externas

No jardim, a iluminação busca focar nos detalhes, seja uma planta ou árvore. Já na varanda, se houver uma área com churrasqueira, a iluminação precisa ser mais intensa. No caso de a varanda ser apenas um local de descanso, uma iluminação mais serena é a grande aposta.

jardim
Fonte: Divulgação/Pinterest - Tua Casa
varanda
Fonte: Divulgação/Pinterest - Casa de Valentina
varanda
Fonte: Divulgação/Pinterest

Moodboards Vobi


Gostou? Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nosso conteúdo semanal.‍‍

Até a próxima,

Equipe Vobi 

Referências:

www.revistacasaejardim.globo.com

www.vivadecora.com.br

www.hometeka.com.br

www.westwing.com.br

Continuar lendo

Conteúdos VIP

Faça parte da lista de conteúdos VIP.

Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?