A influência da escola Bauhaus na arquitetura e interiores

Neste artigo iremos refletir sobre a influência da escola Bauhaus na arquitetura e interiores. Uma escola revolucionária fundada há mais de um século na Alemanha, que apesar do seu pouco tempo de atuação, marcou a história, permanecendo presente no ensino e na prática do design contemporâneo.

Ao longo do texto você irá ler sobre:

Aproveite a leitura!

A história da Bauhaus

O movimento Bauhaus teve seu início em 1919, quando Walter Gropius fundou a escola que visava construir uma ponte entre a arte e a indústria, unindo trabalhos manuais com movimentos artísticos mais refinados.

O fato é que, antes da Bauhaus, artes como arquitetura e design eram tidas em alta estima quando comparadas aos trabalhos manuais como pintura, marcenaria e etc. No entanto, Gropius foi assertivo ao enxergar a possibilidade de conectar todas elas ao produzi-las em larga escala, com a ajuda de Mariannee Brandt e Marcel Breuer, ambos pioneiros do movimento.

A escola se tornou mais popular entre as décadas de 1920 e 1930 e esteve em três diferentes cidades na Alemanha: em Weimar, de 1919 a 1925; em Dessau, de 1925 a 1932; e em Berlim, de 1932 a 1933. Ela também esteve sob três diferentes diretorias, sendo os arquitetos Walter Gropius, entre 1919 e 1928, Hannes Meyer, de 1928 a 1930 e Ludwig Mies van der Rohe, de 1930 a 1933, quando a escola foi fechada devido à pressão do regime nazista que considerava ser um centro de intelectualismo comunista. Mesmo com o seu fechamento, a escola continuou disseminando seus preceitos idealistas à medida que deixaram a Alemanha e se espalharam pelo mundo todo.

Devido ao seu impacto global, uma nova escola Bauhaus foi fundada em Chicago, se tornando futuramente o Instituto de Design, parte do Instituto de Tecnologia de Illinois. Seu legado, fez com que Bauhaus se tornasse uma das mais influentes escolas de design do século 20 e parte vital da história.

Mas, a Bauhaus ainda é popular nos dias de hoje? 

A resposta é sim. O estilo Bauhaus afeta tudo o que conhecemos em termos de modernismo, desde construções, mobiliário, fontes caligráficas e muito mais. Se você já esteve em um espaço minimalista ou sentou em uma cadeira de formato geométrico, agradeça a Gropius.

A arquitetura Bauhaus

“Bauhaus” é uma inversão do termo alemão "hausbau'', o qual significa “construção de uma casa”.

Apesar da escola Bauhaus se tornar inoperante após 1933, o movimento seguiu forte, dando uma nova “cara” à arquitetura, produzindo designs mais simples. Gropius propunha que a arquitetura e o design deveriam refletir o novo período histórico (pós primeira guerra mundial), bem como se adaptarem à era dos maquinários. Assim como na arte, o equilíbrio entre funcionalidade e beleza, sendo a primeira ainda mais importante, era valorizado.

Principais características da arquitetura Bauhaus

O movimento Bauhaus é caracterizado principalmente por sua simplicidade e capacidade de produção em massa. Suas principais características arquitetônicas incluem: formas funcionais, paleta de cores simples, materiais industriais, equilíbrio de assimetria e design holístico.

Formas Funcionais

O design Bauhaus apresenta pouco - ou mesmo, nada - de ornamentos e prefere chamar a atenção por seus traços simplificados. Muitas das construções no estilo Bauhaus, por exemplo, possuem telhados planos a fim de criar um aspecto geométrico e minimalista. As cadeiras tubulares, são exemplos perfeitos do design Bauhaus para interiores que preza pelo belo funcional. 

Paleta de cores simples

Coesão e simplicidade são as diretrizes desse estilo, por isso, sua paleta de cores se limita aos tons neutros como branco, cinza e bege. No design de interiores, as cores primárias são comumente usadas - tons de vermelho, amarelo e azul - as vezes juntas, porém mais frequentemente em pontos focais, como em uma cadeira, ou apenas uma parede.

Materiais industriais

Visto que o movimento Bauhaus valoriza o industrialismo, constantemente ele tenta incorporar materiais modernos e industriais dentro de seus projetos. Dentre eles destacam-se o vidro, o concreto e o aço.

Equilíbrio de assimetria

O design e a arquitetura Bauhaus visavam por um equilíbrio estético por meio da assimetria. Pode parecer contraditório, porém a simetria era considerada “muito industrial” sem nenhum apelo artístico. Como resultado, os adeptos ao movimento trabalharam na união do exterior e interior das construções incorporando os mesmo elementos (materiais, formas e cores), porém sem fazer com que ficassem iguais. Um grande exemplo disso é o edifício Bauhaus em Dessau, na Alemanha, que agrega diversas formas e ângulos diferentes, mantendo a composição coerente através da pintura branca e grandes janelas.

Design Holístico

Juntamente aos princípios essenciais do design Bauhaus está a integração dos métodos dessa escola em cada elemento da vida, incluindo planejamento urbano, construções arquitetônicas, design mobiliário, eletrodomésticos, utensílios de cozinha, tipografia, entre outros. Essa abordagem holística, ou seja, mais abrangente, faz com que esses fundamentos sejam considerados em cada decisão ao se projetar um ambiente pautado no estilo Bauhaus.

Elementos chave da arquitetura Bauhaus

Em resumo, nem todas as construções no estilo Bauhaus são exatamente iguais. Todavia, é possível notar a existência de alguns pontos em comum: 

  • Designs simples, racionais e funcionais em detrimento de ornamentos;
  • Ênfase em formas geométricas simples como: triângulo, quadrado e círculo;
  • Preferência por assimetria;
  • Uso de concreto, aço e vidro;
  • Telhados planos;
  • Cortinas de vidros;
  • Glass curtain walls;
  • Fachadas lisas.

Inspirações

estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Bored Panda
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Wallpaper
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Cate St Hill
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Hunker
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Behance
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Bauhaus Movement
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Pinterest
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Bored Pand
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - IDEAT Magazine
estilo bauhaus
Fonte: Divulgação - Casa Vogue

Moodboards Vobi‍

Gostou? Siga-nos nas nossas redes sociais e não perca nosso conteúdo semanal.

 

Até a próxima,

Equipe Vobi

 

Referências:

www.masterclass.com

www.architectureanddesign.com.au

www.thespruce.com

Conteúdos VIP

Faça parte da lista de conteúdos VIP.

Receba semanalmente conteúdos selecionados pela a nossa equipe.
Sem spam!

Seu escritório de arquitetura e design ainda não é digital?